© Labordental Ltda. Todos os direitos reservados.

Av. Aratãs, 164 - São Paulo - SP - 04081-000
Tel.: (11) 5542.5855 
contato@labordental.com.br
Desenvolvido por

Assine nossa Newsletter!

Odontologia: Saiba o que faz esse profissional


Zelar pela saúde, estética e higiene bucal é atribuição de quem se forma em Odontologia. Mas nem sempre foi assim. Antes de a profissão chegar ao Brasil, já no fim do século 19, os “dentistas” de então eram os barbeiros. Não existiam equipamentos sofisticados, a preocupação com uma superesterilização nem mesmo anestesia. O único instrumento de trabalho era um alicate, e o tratamento se resumia a arrancar dentes.

Um dos primeiros brasileiros considerados “entendido em dentes” foi Joaquim José da Silva Xavier, conhecido, justamente, como - adivinha? - Tiradentes. Antes de ser decapitado e esquartejado, em 1792, o mártir da Inconfidência Mineira tinha o ofício de dentista.

De lá para cá, muita coisa mudou na profissão. Hoje em dia, em vez de extrair os dentes, a preocupação do cirurgião-dentista é a de mantê-los intactos e saudáveis. O profissional também pode se especializar áreas específicas, como cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial (malformação dos ossos do rosto), ortodontia (que corrige a arcada dentária com o auxílio de aparelhos ortodônticos) e periodontia (trata doenças que surgem na gengiva).
Saiba o que faz esse profissional
> Home > Blog > Odontologia: Saiba o que faz esse profissional
Como está o mercado?

Conforme o Conselho Federal de Odontologia, existem, atualmente, 203 faculdades que formam profissionais ligados à área no Brasil. Dos 258,8 mil dentistas registrados nos Conselhos Regionais, 70% estão nas regiões Sul e Sudeste. Enquanto nessas duas localidades o mercado pode ser considerado saturado, no restante do país há uma grande carência de cirurgiões-dentistas.

Devido ao elevado custo dos equipamentos para montar um consultório, geralmente os profissionais que desejam trabalhar com atendimento clínico privado costumam iniciar sua carreira dividindo o consultório com colegas.

O piso salário salarial é de 2.600 reais para a jornada de 24 horas semanais, de acordo com o Sindicato dos Cirurgiões-Dentistas no Estado do Rio de Janeiro.

Que caminhos seguir?
Além do atendimento clínico, seja particular ou na rede pública de saúde, os dentistas também podem se dedicar ao magistério, à pesquisa, a trabalhar em redes de planos de saúde odontológicos ou à produção e distribuição de materiais odontológicos.

O grande segredo dessa profissão é estar sempre disposto a se manter atualizado sobre as novidades que surgem no mercado. Confira alguns cursos que podem ajudá-lo nessa missão, se você pretende seguir a carreira:

Câncer Bucal

Tem como objetivo conscientizar o profissional a respeito do câncer bucal, abordando suas características, modos de prevenção, diagnóstico e fatores de risco.

Cirurgia de Dentes Inclusos

Dá ao profissional o conhecimento sobre etiologia/diagnóstico das retenções dentárias, indicações e contraindicações do tratamento cirúrgico, fatores que dificultam a remoção, técnicas cirúrgicas, entre outros tópicos.

Estética do Tratamento Periodontal

Trata dos aspectos estéticos do periodonto, estuda as recessões marginais e apresenta técnicas cirúrgicas básicas e avançadas.

Farmacogenética

Dirigido aos profissionais de saúde, aborda o conceito de farmacogenética, sua evolução e sua aplicação nos tratamentos.

Tratamento Odontológico para Pacientes com Necessidades Especiais
O dentista deve estar preparado para lidar com todo tipo de paciente, inclusive aqueles com problemas de saúde, tais como fissuras, oncológicos ou HIV positivos, que requerem procedimentos diferenciados.

Hepatites Virais e HIV: um foco para dentistas

Aborda questões como o conceito de hepatite, tipos de hepatite por vírus, hepatites A/B/C, HIV/aids, lesões bucais relacionadas à aids e importantes aspectos para o atendimento a pacientes com HIV/aids.

Saúde Bucal do Idoso

Curso que aborda as formas mais apropriadas para realizar exame físico em idosos, prótese e implante na terceira idade e farmacologia no paciente nessa faixa etária.

Saúde Bucal da Gestante e do Bebê

Ensina às mães a manter a saúde bucal de seu bebê e a responder a questões como dentição, uso da chupeta e hábitos de sucção.

Lesões Bucais na Infância

Trata sobre o diagnóstico bucal, as lesões fundamentais, as alterações de desenvolvimento e as síndromes na infância.

Radiologia Odontológica

Oferece informações para a realização de radiografias com qualidade para o diagnóstico de algumas das principais patologias e defeitos ortodônticos.

Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO
Colunista Portal - Educação


Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação ou da Labordental.
Siga-nos!
Faça sua busca: